Rio Apps Cidade Olímpica

Aplicativos Vencedores do Concurso Rio Apps Cidade Olímpica

A Prefeitura do Rio, através da Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia (SECT), anunciou, na noite desta quinta-feira (03/março), no Palácio da Cidade, os aplicativos vencedores do concurso “Rio Apps Cidade Olímpica” de desenvolvimento de softwares de serviços para a melhoria do cotidiano dos moradores, empresas e turistas da cidade do Rio de Janeiro. Foram catorzes aplicativos agraciados com prêmios distribuídos em sete categorias. Durante o evento, a SECT lançou o Portal de Aplicativos para uma Cidade Inteligente, plataforma interativa e de apoio aos usuários e às startups de criação de softwares de serviços para a cidade do Rio de Janeiro http://www.portalrioapps.com.br.

Os desenvolvedores se basearam em temáticas próprias ou se inspiraram em uma das mais de 5.300 ideias inscritas nas três edições do concurso “Rio Ideias” http://ideias.rioapps.com.br, que precedem o “Rio Apps” e cuja premiação da 3ª edição ocorreu em agosto do ano passado, com 1.009 propostas. Um dos critérios de julgamento foi o potencial impacto sobre os moradores e visitantes do Rio de Janeiro, além da utilização das informações sobre a cidade disponíveis no portal de dados abertos data.rio. Abaixo, a lista dos vencedores.

Melhor aplicativo

1º Lugar: Jump Park
Desenvolvedor: Gustavo Cabral
Categoria: Rio Cidadania
Prêmio: R$ 30 mil.

Perfil: O Jump Park promete mudar a relação do usuário com os estacionamentos e melhorar a mobilidade nos centros urbanos. Com ele, o motorista agora tem as informações e o poder de escolha na palma da mão. Com uma interface intuitiva lista os estacionamentos mais próximos, os preços, horário, se aceita cartão, se é coberto, lavagem e vaga exclusiva para deficiente ou moto. Tem sistema de avaliação dos estabelecimentos. São mais de 500 estacionamentos cadastrados, inicialmente. Disponibiliza estacionamento em Niterói, São Gonçalo, Barra da Tijuca, Recreio, Tijuca, Méier, Vila Isabel, Centro do Rio, Zona Sul etc. O aplicativo é uma mídia interativa que o usuário se comunica com o estacionamento e vice-versa.

2º Lugar: E aí, partiu?
Desenvolvedor: Rodrigo Ferreira
Categoria: Turismo
Prêmio: R$ 20 mil.

Perfil: E aí, partiu? Agora você pode ficar por dentro de tudo que está acontecendo no Rio de Janeiro. Os melhores eventos estão neste aplicativo, na palma da mão, bastando abrir o app e pronto, você já fica sabendo de todos os eventos do dia. Você vai ter a comodidade de encontrar os melhores eventos no mesmo app, que trará uma nova perspectiva sobre o que fazer nos momentos de lazer.

3º Lugar: Rio Viva Água
Desenvolvedor: Renato Vieira de Souza
Categoria: Meio Ambiente e Sustentabilidade
Prêmio: R$ 10 mil.

Perfil: App desenvolvido para ajudar a economizar água a partir da colaboração dos cidadãos do Rio de Janeiro. Com este App, qualquer cidadão pode notificar vazamentos pela cidade, regiões com falta d'água, abusos de consumo e assim ajudando a evitar o desperdício e contribuindo com o planeta. O App é para uso público e com um website para que todos possam visualizar os dados enviados pelos usuários. O Diferencial é a facilidade na notificação, tornando todo o processo mais rápido.

Prêmio Aluno

Rio Virtual
Desenvolvedor: Márcia Taborda Correa Oliveira
Categoria: Cultura
Prêmio: R$ 5 mil.

Perfil: desenvolvido no Ambiente Virtual de Aprendizagem da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Latic-Uerj), a galeria Rio Virtual é uma forma de conhecer a história e as maravilhas do município do Rio de Janeiro por meio da imersão proporcionada pelo uso da tecnologia de realidade virtual. Composta por fotografias que representam aspectos artísticos e culturais, a galeria é organizada em 5 seções que trazem imagens que marcaram a história da cidade, de forma a demonstrar de maneira futurista, aspectos que marcaram e ainda hoje são fundamentais no município do Rio de Janeiro. Utiliza óculos específico para realidade virtual e também é compatível com qualquer smartphone android com giroscópio.

Prêmio Investidor

Comercializa Favela
Desenvolvedor: Luiz Felipe Gomes Teixeira
Categoria: Rio + Social
Prêmio: R$ 5 mil.

Perfil: o “Comercializa Favela!” é um aplicativo que visa otimizar a entrega e venda de mercadorias pelos comerciantes locais, criando um suporte on line de compra e vendas. A ideia é que os comerciantes possam também comprar seus produtos através de microcrédito fornecido por instituições financeiras parceiras. Os produtos seriam cadastrados pela prefeitura ou por algum órgão parceiro de empresas que vendem produtos no atacado.

Prêmio Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego

Protótipo SMTE
Desenvolvedor: Vinícius Gonçalves
Categoria: Trabalho e Emprego
Prêmio: R$ 5 mil.

Perfil: aplicativo desenvolvido para android por alunos de Sistemas da Informação da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). O aplicativo permite agendamento de emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e de solicitação do Seguro Desemprego nos postos da SMTE da cidade do Rio de Janeiro, evitando filas e agilizando os serviços. Disponibiliza os endereços dos postos de atendimento e sistema de avaliação de satisfação.

Prêmio Rio Cidadania

SeniorsApp
Desenvolvedor: Dalvanira Santos Silva
Categoria: Saúde
Prêmio: R$ 5 mil.

Perfil: é um aplicativo para auxiliar e gerenciar as atividades diárias de pessoas idosas e monitoramento por parte dos familiares e clinicas especializadas. Funcionalidades: gerenciar o uso de medicamentos, consultas e atividades com alarmes e notificações; agenda eletrônica; envio de mensagens; discagem rápida para telefones de emergências; inclusão de medição da pressão arterial, peso e glicose; envio de localização e alerta para o responsável, caso o idoso, em um determinado período, fique sem rastreabilidade, ou não realizar suas atividades. Integração futura com planos de saúde, base de dados do SUS e clinicas especializadas.

Prêmio Escolha Popular

1º lugar: Adivinha Rio
Desenvolvedor: José Lúcio Mattos da Gama
Categoria: Turismo
Prêmio: R$ 5 mil.

Perfil: O “Adivinha Rio é um game sobre os pontos turísticos, culturais e históricos do rio de janeiro. Prove que você é um carioca da gema e desafie seu cérebro neste quis.

2º lugar: Nave APP
Desenvolvedor: Aline Ornellas
Categoria: Naves do Conhecimento
Prêmio: R$ 3 mil.

Perfil: O objetivo do “Nave App” é disseminar informações sobre o Projeto Naves do Conhecimento. Através do aplicativo é possível localizar qual a Nave mais próxima, acompanhar as novidades, conferir a agenda de cursos, ou ainda, deixar seu recado no mural e avaliar os serviços oferecidos.

Menção Honrosa

NEARBEE
Desenvolvedor: Felipe Fontes
Categoria: Segurança Pública
Prêmio: R$ 2 mil.

Perfil: conectando gratuitamente pessoas próximas de uma maneira como nunca antes feita, o NEARBEE viabiliza que pessoas que não se conheçam possam realmente se ajudar. Desde pedir uma escada emprestada e ser informado de coisas importantes em sua volta, o aplicativo expande sua presença local e traz o mundo real às relações digitais. Com foco em segurança e saúde pessoal, em situações de emergência, com um único click (ou através de um wearable device de proteção opcional) o usuário conecta, ao mesmo tempo pessoas próximas, potenciais socorristas, aptas a ajudar, amigos e parentes, pré-definidas como anjos, autoridades e serviços de proteção, que tem acesso a sua posição, assim como mídias de áudio e vídeo.

Calc. EDE
Desenvolvedor: Luiz Carlos Douglas
Categoria: Meio Ambiente e Sustentabilidade
Prêmio: R$ 2 mil.

Perfil: calculadora de consumo de energia elétrica adaptada ao sistema brasileiro de bandeiras tarifárias que consegue estipular um valor aproximado para a próxima fatura da sua conta. Basta inserir dados da conta anterior e as leituras parciais do relógio no decorrer do mês, dando praticidade e evitando surpresas indesejadas de valores na próxima conta. O aplicativo gera um relatório, onde mostra o período em que mais consumiu energia elétrica, se sua meta estipulada está de acordo com os valores desejados, além de proporcionar uma projeção de valores para a próxima conta. Com isso, o usuário poderá reduzir o seu consumo de energia e acompanhar seus gastos.

Rio Street Museum
Desenvolvedor: Renan Prata
Categoria: Turismo
Prêmio: R$ 2 mil.

Perfil: é um novo guia turístico para o Rio de Janeiro. Turistas e moradores podem explorar os principais atrativos da Cidade Maravilhosa, além de ter acesso a dicas de eventos culturais e serviços. O aplicativo disponibiliza informações históricas e de contato, mapas e melhores rotas para os lugares mais interessantes da cidade. Além do conteúdo, o aplicativo conta com a funcionalidade do "Street Museum": através da realidade aumentada, pela câmera do celular, o usuário localiza monumentos, museus e outros pontos turísticos no entorno.

Futebol na Praça
Desenvolvedor: Diego dos Santos
Categoria: Esporte
Prêmio: R$ 2 mil.

Perfil: disponível para as plataformas iOS e Android, em diferentes idiomas, integrando informações da prefeitura do Rio de Janeiro, através do data.rio, o app “Futebol na Praça” apresenta, de forma interativa, todas as praças do Rio de Janeiro. O usuário pode indicar em quais horários irá comparecer para os jogos, assim como visualizar o número de participantes já confirmados. Com base nas informações dos usuários cadastrados via Facebook, cada praça também apresenta dados estatísticos do seu uso, como os horários mais utilizados, a faixa etária e as nacionalidades mais recorrentes. Caso a praça não tenha condições para jogo, colabore reportando o local, indicando se possui campo e/ou iluminação.

Acessa Mais
Desenvolvedor: Felipe Massaki
Categoria: Rio Cidadania
Prêmio: R$ 2 mil.

Perfil: projeto desenvolvido para participar do Desafio Rio Apps com a intenção de melhorar a vida daqueles que precisam de acessibilidade para se locomover na cidade do Rio. Às vésperas de uma olimpíada, a acessibilidade, infelizmente, ainda é um ponto fraco na cidade do Rio de Janeiro. Os cariocas e visitantes podem colaborar para mudar este cenário, enviando, através do “Acessa Mais”, fotos dos locais onde falta acessibilidade para posterior envio às autoridades, agilizando o atendimento a estas demandas.